abril 13, 2024
Barco de pesca de Itajaí desaparece com 6 tripulantes Foto: Arquivo pessoal

Barco de pesca de Itajaí desaparece com 6 tripulantes

Embarcação ‘Manuela Simão’ saiu em 18 de outubro e tinha previsão de retornar no último sábado (11) para a cidade de origem. Buscas acontecem na região ao sul do Cabo de Santa Marta, em Laguna.
Um barco de pesca de Itajaí, cidade mais populosa do Litoral Norte de Santa Catarina, está desaparecido em alto-mar desde o dia 4 de novembro quando emitiu o último sinal de localização na costa do Rio Grande do Sul. Chamada de “Manuela Simão”, a embarcação tinha seis tripulantes.

A Marinha do Brasil (MB) faz buscas na região ao sul do Cabo de Santa Marta, em Laguna. A situação foi informada ao órgão no domingo (12). A embarcação saiu em 18 de outubro e tinha previsão de retornar no último sábado, 11 de novembro. Estavam na embarcação o armador e mestre Madson Orlando Simão e os tripulantes João Maricelo Matos Santana, Rafael Matos Santana, Elizandro Rodrigues Silveira, Arildo Honorato e Edmar Marcelino Ribeiro.

Um navio da Marinha saiu do Porto do Rio Grande (RS) para auxiliar nas buscas, que têm auxílio de uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB). As embarcações da região também foram alertadas sobre o desaparecimento.

“Marinha lamenta o ocorrido e informa que manterá esforços contínuos nas buscas da embarcação e dos desaparecidos. Também informa que será instaurado Inquérito Administrativo, com prazo de 90 dias de conclusão, para apurar as possíveis causas e responsáveis”, informou a MB.

Segundo o Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região (Sindipi), o desaparecimento foi constatado depois que a esposa do dono do barco estranhou a demora do retorno do homem. O barco atuava há um ano na modalidade de cardume associado.
“O SINDIPI torce e espera que as buscas tenham êxito e que toda a tripulação e a embarcação retornem a salvo a um porto seguro”, informou a entidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *