abril 21, 2024
Interpol procura doisbrasileiros no Libano Foto: Reprodução/Interpol

Interpol procura doisbrasileiros no Libano

A Interpol (Polícia Internacional) foi acionada para prender 2 brasileiros que vivem no Líbano por planejamento de atos terroristas. Além deles, dois já foram presos no Brasil numa operação para desbaratar o grupo, suspeito de ligação com o grupo terrorista Hezbollah.

Os brasileiros estão no Líbano suspeitos de envolvimento com o planejamento de atos de terrorismo no Brasil. Os dois têm dupla nacionalidade, brasileira e libanesa.
A divisão antiterrorismo da Polícia Federal em Brasília foi alertada para o fato de que brasileiros, vários deles com passagem criminal, estavam sendo aliciados e contratados por comandantes do Hezbollah no Líbano, para promover ataques aqui no Brasil.

As investigações descobriram que alguns destes brasileiros fizeram viagens recentes a Beirute para encontros com o Hezbollah, e definiram valores pela colaboração em atos terroristas, lista de endereços a serem atacados e, ainda, o recrutamento de executores.
Um dos brasileiros foi preso na noite de terça (7) desembarcando no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP). Outro foi preso nesta quarta (8) quando chegava de Santa Catarina. As ordens são de prisão temporária por 30 dias.

A investigação que resultou nas ordens de prisão começou com informações de inteligência repassadas pelos governos de Israel e dos Estados Unidos, e que resultou numa operação deflagrada nesta quarta-feira (8).

Um delegado de Brasília envolvido nas apurações está a caminho de São Paulo para ouvir os presos. Ainda não está definido se eles ficarão em São Paulo ou serão transferidos para Brasilia.
Nas operações de hoje, que também teve mandados cumpridos no Distrito Federal e em Minas gerais, foram apreendidos celulares, computadores, agendas e anotações.
As investigações apontam também que os alvos no Brasil envolvidos com o Hezbollah já estavam recrutando mais brasileiros para finalizar planos de atentados terroristas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *