maio 20, 2024
Pix e cartão para pagar tributos foto deiwid felicio

Pix e cartão para pagar tributos

O projeto de lei complementar para alterar as formas de pagamentos usadas no setor de arrecadação foi aprovado em nova votação por unanimidade pela Câmara, na segunda-feira, 25. Pelo texto, a transferência instantânea via Pix e o cartão de crédito passarão a ser usados em conjunto com meios tradicionais. A lei ainda depende de sanção do prefeito interino Rogério Medeiros (PSD).
“A solicitação de implantação de diversas outras funcionalidades facilita a rotina do contribuinte, pois o pagamento dos débitos municipais poderá ser realizado em ambiente completamente virtual, caso deseje, sem manipulação de quaisquer valores em espécie ou deslocamentos, não expondo o contribuinte à desnecessários riscos, o que repercutirá em comodidade, facilidade e rapidez no processamento”, explicou o prefeito licenciado Samir Ahmad (sem partido), no documento apresentado para os edis. A tramitação durou cerca de um mês…
O projeto de lei complementar altera o artigo 79 do Código Tributário e passa a prever que a arrecadação poderá ser feita por guia municipal, cartão de crédito ou débito, Pix, aplicativos de mensagens ou similares, em vias físicas ou digitais. A ideia, porém, não é novidade: em agosto de 2021, por razão de vício de origem, um projeto semelhante do vereador Gustavo Cypriano (União) foi negado na Câmara. Na época, a proposta falava exclusivamente da adoção do Pix como forma de pagamento dos tributos em conjunto com os meios de arrecadação vigentes.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *