maio 29, 2024
Lei garante policiais armados nas escolas Foto Ilustração

Lei garante policiais armados nas escolas

Projeto para colocar policiais armados em escolas de SC é aprovado na Assembleia Legislativa.

Ideia é convocar mais de mil profissionais da reserva a R$ 4,1 mil mensais cada um. Previsão do governo é de que os primeiros agentes possam iniciar o trabalho dentro de 45 dias.`

O projeto para colocar policiais armados para atuarem na segurança de escolas estaduais de Santa Catarina foi aprovado em votação na quarta-feira (19) na Assembleia Legislativa (Alesc). A previsão do governo do estado é de que os primeiros policiais possam iniciar esse trabalho dentro de 45 dias (veja mais informações abaixo).

A proposta ocorre após um ataque a creche em Santa Catarina causar a morte de quatro crianças. O atentado aconteceu em Blumenau, no Vale do Itajaí, no dia 5 deste mês.

A Polícia Civil divulgou na quarta que cumpriu mandados de internação provisória de 10 adolescentes, além de buscas e quebras de sigilo, em uma operação contra violência nas escolas.

O projeto

O Projeto de Lei Complementar número 9/2023 é de autoria do próprio governo do estado. Ele chegou na quarta à Alesc e foi votado no mesmo dia. Ele foi aprovado por unanimidade e divulgado pelo governo estadual em 10 de abril.

Além dos agentes armados, o governo também anunciou a criação de um protocolo de segurança com ronda reforçada, treinamento de professores para reação em situações de violência, um centro integrado de operações policiais e a criação de um Comitê Permanente de Segurança nas escolas.

 serão convocados 1.053 integrantes do Corpo Temporário de Inativos da Segurança Pública (Ctisp), que receberão R$ 4,1 mil mensais cada um para proteger as unidades escolares.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *