abril 21, 2024
Março Amarelo – Mês de Conscientização da <strong><u>ENDOMETRIOSE PROFUNDA</u></strong> Oferecimento: Vida Cotidiana

Março Amarelo – Mês de Conscientização da ENDOMETRIOSE PROFUNDA

Hoje iremos falar um pouco a respeito Março chegou com um importante alerta à saúde da mulher, uma vez que esse é o Mês Mundial de Conscientização da Endometriose. Mas, você sabe o que é Endometriose?

A Endometriose é uma condição na qual o endométrio, mucosa que reveste a parede interna do útero, cresce em outras regiões do corpo. Essa formação de tecido ectópico normalmente ocorre na região pélvica fora do útero, incluindo os ovários, intestino, reto e na bexiga, podendo atingir também o diafragma.
             Os principais sintomas são:
– dor em forma de cólica durante o período menstrual que pode incapacitar as mulheres de exercerem suas atividades habituais;
– dor durante as relações sexuais;
– dor e sangramento intestinais e urinários durante a menstruação;
– dificuldade de engravidar. A infertilidade está presente em cerca de 40% das mulheres com Endometriose.

O exame ginecológico clínico é o primeiro passo para o diagnóstico, e após isso o médico pode prosseguir investigação através de exames laboratoriais e de imagem, como por exemplo: a “ Ultrassom Transvaginal com Preparo Intestinal ”e “Ressonância Magnética da Pelve”.

do exame de ultrassom, que é muito comum de ser solicitado pela sua alta exatidão no diagnóstico de “Endometriose Profunda”. Realizado de forma não invasiva e indolor, é de extrema importância que seja realizado por um médico especialista no diagnóstico da Endometriose, para desta forma garantir a eficiência do exame, e assim, o paciente seguir com o tratamento mais adequado.

Quando não tratada, a doença além de dores e muito desconforto, pode causar até mesmo a infertilidade. Há alguns meses, mais precisamente em Julho de 2022, a cantora Anitta revelou ter endometriose e fez alerta sobre essa patologia, haja vista que se trata de uma doença que acomete milhares de mulheres. No caso da cantora, demorou mais de 9 anos para se identificar o problema, informações e recomendações errôneas a fizeram realizar tratamentos desnecessários e ineficazes.

Por isso, é importante que haja mais conscientização sobre a doença, para que se possa buscar o tratamento adequado, diagnóstico precoce e melhora na qualidade de vida. O março amarelo é uma oportunidade para a sociedade em geral se informar mais sobre a Endometriose, seus sintomas e tratamentos, e para que as mulheres saibam que não estão sozinhas.

Dr RODRIGO VIANA CABRAL

Médico Radiologista

Membro Titular do Colégio Brasileiro de Radiologia

Pós-Graduação em Diagnóstico por Imagem da Mama

Especialista no Diagnóstico por Imagem da Endometriose

CRM/SC 16879   RQE 11669

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *