maio 20, 2024
Câncer de mama assusta mulheres mais jovens foto ilustrativa

Câncer de mama assusta mulheres mais jovens

Estudo mostra que câncer de mama está se manifestando com maior frequência em mulheres abaixo dos 40 anos
Ministério da Saúde estima 73 mil novos casos no Brasil em 2023.
Estudo mostra que câncer de mama está se manifestando em mulheres mais jovens
Um estudo mostrou que diagnósticos de câncer de mama estão ficando mais frequentes em mulheres mais jovens. O Instituto do Câncer de São Paulo realizou a pesquisa depois que uma médica verificou, durante a rotina de trabalho, que os casos entre mulheres abaixo de 40 anos haviam aumentado.
A médica decidiu fazer uma pesquisa para traçar o perfil do câncer de mama em mulheres com menos de 40 anos. A médica analisou o caso de quase 500 pacientes jovens atendidas pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo. E 68% delas estavam com o tumor já em estado avançado quando diagnosticadas.
O estudo mostrou também que a incidência de câncer de mama em mulheres jovens é maior no Brasil que a registrada em outros países. Nos Estados Unidos, apenas 5% das pacientes têm menos que 40 anos; no Brasil, são 15 %.
“A gente percebeu que as pacientes tinham tumores muito maiores, mais agressivos do que as pacientes mais velhas. Você precisava de mais medicação, demorava mais para conseguir um resultado bom”, explicou a médica, que começou a procurar fatores comuns nos diagnósticos.
“O que a gente conseguiu perceber é que a idade da primeira menstruação influenciava na idade do diagnóstico. Então quem menstruava mais cedo tinha um câncer de mama mais cedo. Você vê a amamentação como um fator protetor não necessariamente evitar o câncer porque todo mundo tinha câncer, mas para você ter um câncer mais tardio, menos avançado”, relatou.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *