maio 18, 2024
O mistério dos Acidentes aéreos foto deiwid felicio

O mistério dos Acidentes aéreos

Caixa-preta: desde 2021, 72% das perícias de acidentes aéreos não foram concluídas no Brasil; especialistas explicam demora

Ao todo, 386 ocorrências foram registradas entre janeiro de 2021 e julho de 2023. G1 apresenta série de reportagens sobre segurança no transporte aéreo.

O Brasil registrou 386 acidentes aéreos entre janeiro de 2021 e julho de 2023, de acordo com dados divulgados pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), por meio do Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Sipaer).

Desse total, 72% ainda não tiveram as perícias finalizadas pelo órgão coordenado pela Força Aérea Brasileira (FAB) — o índice representa 278 acidentes. O g1 teve acesso ao relatório por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI).

Em uma série de reportagens a partir deste sábado (5), até segunda-feira (7), vamos mostrar o número de acidentes aéreos registrados; como funciona a investigação, a importância dos relatórios para a segurança do transporte aéreo e como eles são usados para estudos; e o relato de famílias de vítimas sobre a espera por respostas e como isso impacta no luto.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *