abril 21, 2024
 Prefeito detido prefere renunciar ao mandato Foto Divulgação

 Prefeito detido prefere renunciar ao mandato

O prefeito de Papanduva, Luiz Henrique Saliba, pediu a renúncia do mandato. O pedido foi recebido pela presidente da Câmara de Vereadores, Sandra Silva (PSD) nesta terça-feira (6) e comunicada durante sessão ordinária do legislativo da cidade do Planalto Norte catarinense.

Saliba é réu na Operação Mensageiro e também responde a outro processo, desencadeado na Operação Patrola, que investigou crimes de corrupção e fraude de licitações a partir de 2011. Saliba foi condenado neste processo, o que teria motivado o pedido de renúncia.

Com a renúncia de Saliba, a próxima pessoa na fila para assumir o executivo municipal seria seu vice, porém, João Jaime Iankoski renunciou ao cargo em 25 de abril. A cadeira de prefeito está sendo ocupada pelo então presidente da Câmara de Vereadores do município, Jeferson Chupel (PSD).

De acordo com a Lei Orgânica Municipal de Papanduva, no caso dos cargos de prefeito e vice-prefeito ficarem vagos durante os três primeiros anos do mandato, o município deve realizar novas eleições no prazo máximo de 90 dias. Os novos eleitos vão completar o período dos antecessores.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *