julho 18, 2024
Autoridades ameaçadas gera nova repercussão

Autoridades ameaçadas gera nova repercussão

Fato de maior repercussão esta semana gira em torno de uma operação da Polícia Federal, que desmontou nesta quarta-feira (22) um plano criminoso articulado ao longo de meses por uma quadrilha: autoridades e servidores públicos eram os alvos de sequestros e de assassinatos. Entre essas pessoas estavam o senador Sergio Moro, do União Brasil, a família dele e um promotor de São Paulo.

Agentes da Polícia Federal precisaram derrubar uma parede para chegar ao esconderijo usado pela quadrilha. O endereço em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, foi um dos 24 vistoriados nesta quarta pela Operação Sequaz. Os investigadores cumpriram mandados de busca e apreensão também em Mato Grosso do Sul, São Paulo e Rondônia. A Polícia Federal tinha ordem da Justiça para prender 11 suspeitos de participar de um plano para sequestrar e matar autoridades de Estado.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *