julho 24, 2024
A cebola mais cara que a carne Foto Divulgação

A cebola mais cara que a carne

 

Parece impossível, mas há país onde a cebola é mais cara que a carne. Ela foi a grande vilã da inflação no Brasil em 2022, mas nada se compara à situação de um pequeno país da Ásia – onde, junto com o alho, a cebola também é a base da culinária local. 

Assim como em muitos países da América Latina, alho e cebola estão na base da culinária das Filipinas. O hábito de refogar com os dois ingredientes remonta ao período da colonização pela Espanha, que se estendeu entre 1521 e 1898 e acabou influenciando a gastronomia do país. 

Há quase um mês, contudo, a cebola virou artigo de luxo para os filipinos. Literalmente: após uma disparada nos preços, ela passou a custar mais do que carne bovina e de frango. 

O quilo da cebola roxa e da branca chegou nesta semana a 600 pesos filipinos, aproximadamente R$ 55. Corte de carne mais caro da lista de produtos monitorados pelo governo, a alcatra de boi custava, no mesmo período, 480 pesos filipinos (R$ 44); o frango inteiro, 220 pesos (R$ 20). 

O valor é superior ao do salário mínimo diário nas Filipinas, que gira em torno de 500 pesos (R$ 46), variando a depender do setor. 

Com a alta de preços, as autoridades do país chegaram a apreender contrabando da hortaliça. Em um deles, do início de janeiro, o equivalente a 17 milhões de pesos (R$ 1,58 milhão) em sacas de cebola foi interceptado em um carregamento da China declarado como sendo de roupas. 

Nas redes sociais, os filipinos têm se manifestado com mensagens de indignação em relação ao governo, que veem como tendo uma parcela de culpa na situação atual, e com bom humor. 

“Tchau chocolates, olá cebolas. A cebola está virando uma das melhores lembranças de viagem com que você pode presentear um filipino”, disse um filipino, que vive nos Estados Unidos, em um post no Twitter. 

“Estamos trazendo cebolas em vez de chocolates de volta da viagem à Arábia Saudita”, escreveu outro. 

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *