junho 18, 2024
ENSINO BRASILEIRO SOB A ÓTICA MATEMÁTICA Foto: Reprodução/Agência Brasil

ENSINO BRASILEIRO SOB A ÓTICA MATEMÁTICA

Segundo levantamento internacional, no Brasil, 73% dos estudantes não conseguem converter moedas ou comparar distâncias. Na média dos países da OCDE e de parceiros do grupo, índice é de 31%.
Entre os alunos brasileiros de 15 anos (ou seja, que acabaram de cursar o ensino fundamental II), 73% ficaram abaixo do nível 2 em conhecimentos matemáticos no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes 2022 (Pisa, em inglês), cujos resultados foram divulgados nesta terça-feira (5).

Isso significa que esses adolescentes não conseguem fazer operações simples, como:

• converter moedas: dizer, por exemplo, quantos reais equivalem a 2 dólares, sabendo que 1 dólar = R$ 4,93;
• comparar as distâncias percorridas por um carro em dois caminhos diferentes.
Na média dos 81 países participantes do Pisa (membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico – OCDE – e parceiros), o índice de estudantes que estão abaixo do nível 2 é bem menor: 31%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *