abril 21, 2024
Setembro gerou cerca de 211 mil empregos foto olho vivo cam

Setembro gerou cerca de 211 mil empregos

Brasil cria 211 mil empregos formais em setembro, com queda de 24% em relação ao mesmo mês de 2022.
Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados pelo Ministério do Trabalho. Na parcial do ano, foram criadas 1,59 milhão de vagas formais.

A economia brasileira abriu 211,76 mil empregos com carteira assinada setembro deste ano, informou nesta segunda-feira (30) o Ministério do Trabalho e Emprego.
A informação consta do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e representa o saldo líquido (contratações menos demissões) da geração de empregos formais.
Ao todo, segundo o governo federal, foram registradas em setembro:
• 1,9 milhão de contratações;
• 1,7 milhão de demissões…
O resultado representa queda em relação a setembro do ano passado, quando foram criados 278,02 mil empregos formais. O recuo foi de 23,8% nesta comparação.
Em setembro de 2020, em meio à pandemia da Covid, foram criados 299,49 mil postos de trabalho e, no mesmo mês de 2021, foram abertas 330,04 mil vagas formais.

De acordo com o Ministério do Trabalho, 1,59 milhão de vagas formais de emprego foram criadas no país nos nove primeiros meses deste ano.
O número representa recuo de 26,6% na comparação com o mesmo período de 2022, quando foram criadas 2,17 milhões de empregos com carteira assinada.
• Ao final de setembro de 2023, ainda conforme os dados oficiais, o Brasil tinha saldo de 44,04 milhões de empregos com carteira assinada.
• O resultado representa aumento na comparação com agosto deste ano (43,83 milhões) e com setembro de 2022 (42,61 milhões).

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *