julho 19, 2024
Conselho Tutelar, resultados das eleições FOTO TRIBUNAL ELEITORAL DE SC

Conselho Tutelar, resultados das eleições

Conselho Tutelar, resultados das eleições e o que acontece a partir de agora
Cada município é responsável por divulgar a lista dos conselheiros eleitos, que assumirão cargos em 10 de janeiro de 2024.

Os conselhos tutelares podem acionar órgãos de Justiça e tomar medidas protetivas e preventivas para acabar com as situações degradantes à infância e à adolescência —
Os resultados das eleições para Conselhos Tutelares começaram a ser divulgados ainda neste domingo (1º). Cerca de 30 mil pessoas serão eleitas para atuar na garantia dos direitos de crianças e adolescentes.
Em algumas capitais, os resultados levarão mais tempo para serem conhecidos: é o caso do Distrito Federal, onde o resultado deve sair apenas na segunda-feira (2), e de Natal, que teve a votação adiada por conta de um erro na distribuição das urnas.
As eleições para Conselhos Tutelares são responsabilidade de cada Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Com isso, a divulgação dos conselheiros eleitos fica a cargo de cada cidade.


• Domingo (1º): apuração e divulgação de resultados
• Terça-feira (3): publicação da lista no Diário Oficial de cada município;
• 10 de janeiro de 2024: posse dos conselheiros tutelares eleitos.


Segundo a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, o Brasil conta atualmente com 6.100 conselhos tutelares espalhados por 5.570 municípios e entidades administrativas. Cada conselho possui 5 membros titulares.
Os conselheiros possuem mandato de quatro anos e precisam ter dedicação exclusiva à função. Se quiser se reeleger, o conselheiro deve se candidatar novamente em eleições que acontecem sempre no primeiro domingo de outubro do ano seguinte ao da eleição presidencial.
Os eleitos para Conselhos Tutelares recebem salário, que varia de acordo com o município. No Distrito Federal, por exemplo, cada conselheiro recebe R$ 6,3 mil. Já em cidades menores, o salário pode ser de R$ 1,5 mil.

Os conselheiros tutelares eleitos em Tubarão, neste domingo, 01 Out.

  1. Andé Koch, 956 votos
  2. Jamile Motta, 525
  3. Cleber Theis Alves, 440
  4. Professora Sara , 416
  5. Andréia Exterkoeter, 353

Cada município é responsável por divulgar a lista dos conselheiros eleitos, que assumirão cargos em 10 de janeiro de 2024.
Os conselhos tutelares podem acionar órgãos de Justiça e tomar medidas protetivas e preventivas para acabar com as situações degradantes à infância e à adolescência — Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília
Os resultados das eleições para Conselhos Tutelares começaram a ser divulgados ainda neste domingo (1º). Cerca de 30 mil pessoas serão eleitas para atuar na garantia dos direitos de crianças e adolescentes.
Em algumas capitais, os resultados levarão mais tempo para serem conhecidos: é o caso do Distrito Federal, onde o resultado deve sair apenas na segunda-feira (2), e de Natal, que teve a votação adiada por conta de um erro na distribuição das urnas.
As eleições para Conselhos Tutelares são responsabilidade de cada Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Com isso, a divulgação dos conselheiros eleitos fica a cargo de cada cidade. Confira abaixo as próximas etapas.
• Domingo (1º): apuração e divulgação de resultados (veja abaixo algumas cidades que já divulgaram);
• Terça-feira (3): publicação da lista no Diário Oficial de cada município;
• 10 de janeiro de 2024: posse dos conselheiros tutelares eleitos.
Segundo a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, o Brasil conta atualmente com 6.100 conselhos tutelares espalhados por 5.570 municípios e entidades administrativas. Cada conselho possui 5 membros titulares.
Os conselheiros possuem mandato de quatro anos e precisam ter dedicação exclusiva à função. Se quiser se reeleger, o conselheiro deve se candidatar novamente em eleições que acontecem sempre no primeiro domingo de outubro do ano seguinte ao da eleição presidencial.
Os eleitos para Conselhos Tutelares recebem salário, que varia de acordo com o município. No Distrito Federal, por exemplo, cada conselheiro recebe R$ 6,3 mil. Já em cidades menores, o salário pode ser de R$ 1,5 mil.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *