junho 18, 2024
Cães Bombeiros foram Importantes no ciclone foto bombeiros RS

Cães Bombeiros foram Importantes no ciclone

O papel dos cães bombeiros na busca por desaparecidos em tragédia causada por ciclone no RS, foi de extrema valia.
Uma pilha de entulho com sete metros é revirada pelos bombeiros na busca de desaparecidos e o faro dos cães é fundamental nesta busca.
Uma equipe de repórteres acompanhou o trabalho das equipes de resgate nas cidades de Roca Sales e Muçum, atingidas pelo ciclone que castigou o Rio Grande do Sul no início de setembro.
Em um sobrevoo pelas duas cidades, bombeiros observam os locais com potencial para a presença corpos. A bordo, também está Binômio, um cão que ajuda nas buscas.
Em Colinas, após Roca Sales, os bombeiros identificam uma pilha de entulho com sete metros e acionam o cão para ajudar nas buscas. Na primeira busca, é encontrado apenas um pedaço de porco em decomposição. O trabalho dos profissionais é remover os entulhos para que os animais possam identificar a presença humana.
“A gente não pode afirmar que não tenha nada aqui. O correto é ir revirando, levantando o odor e passando o cão”, explica o soldado do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul, Alexandre Furtado. Porém, o procedimento final ficará para o cão bombeiro, este sim de faro infalível…
O profissional explica que existe uma diferença da tragédia no Sul para a que ocorreu em Brumadinho (MG), já que agora o entulho parece estar mais compactado. “Temos pilha de madeira embaixo e o odor não consegue sair para o cão conseguir pegar”, completa.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *