abril 13, 2024
Rio Grande já tem 22 vítimas fatais foto istoé independente

Rio Grande já tem 22 vítimas fatais

Chega a 22 número de vítimas do ciclone extratropical no RS, confirma governador

Em Roca Sales, o nível do rio aumentou tanto que o prefeito pediu que as pessoas subissem no telhado.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, confirmou 21 mortes pela passagem do ciclone extratropical que atingiu o estado na segunda-feira (4). Desse total, 15 óbitos ocorreram apenas na cidade de Muçum.

De acordo com a Defesa Civil estadual, o efetivo do Corpo de Bombeiros foi vistoriar, nesta terça-feira (5), residências na cidade e localizou 15 corpos.

Os alagamentos e estragos por conta das fortes chuvas afetaram mais de 50 cidades. Foram registradas fortes rajadas de vento, aumento do nível dos rios.

Outras seis mortes foram confirmadas entre segunda e terça, em cidades do Norte do RS.

Os alagamentos e estragos por conta das fortes chuvas afetaram mais de 50 cidades. Foram registradas fortes rajadas de vento, aumento do nível dos rios. Por conta disso, pessoas ficaram desabrigadas.

Em Santa Catarina, um homem morreu após o carro em que ele estava a ser atingido por uma árvore durante a tempestade e ventos de até 110 km/h. outras três pessoas ficaram feridas em Balneário Camboriú e Itajaí, no Litoral Norte….

Passagem do ciclone no RS

•21 mortos

•426 desabrigados

•55 cidades afetadas

Morte durante resgate

O governador Eduardo Leite informou, no início da tarde, que a sexta morte foi confirmada em decorrência da enchente. Foi um acidente durante um resgate que se realizava em Lajeado, sobre o Rio Taquari. O cabo no qual um policial militar resgatava uma idosa se rompeu e ambos caíram no rio. A idosa não resistiu e o PM foi resgatado em estado grave para um hospital da região.            

De acordo com o mais recente balanço divulgado pela Defesa Civil do RS, o número de desabrigados é de 426. São 215 desalojados. As cidades mais atingidas são das regiões Norte, Serra e Vale do Taquari.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *