julho 18, 2024
Estatísticas de roubo Geram insegurança foto deiwid felicio

Estatísticas de roubo Geram insegurança

Olha só a tranquilidade de morar em uma cidade segura como tubarão por exemplo.

A área central de algumas cidades brasileiras, como São Paulo, registram hoje pelo menos um roubo a cada meia hora e bate recorde nos primeiros sete meses do ano

Dados são da Secretaria da Segurança Pública e levam em conta a série histórica contabilizada desde 2001. 

Outras cidades como Rio de Janeiro e Porto Alegre registram a mesma estatística, com pelo menos um roubo a cada 30 minutos. 

“A estimativa é que os roubos que são notificados nas delegacias representam apenas 40%, 50% do total. Ou seja, o problema é mais grave do que parece”, afirma Coronel José Vicente, conselheiro da Escola de Segurança Multidimensional da Universidade de São Paulo (USP) …

O alto índice de criminalidade, associado à presença do fluxo da Cracolândia, tem impactado diretamente na vida dos moradores e comerciantes da região.

O empresário Daniel Bernardini optou por fechar a loja física de produtos de refrigeração que sua família comandava há quase 50 anos após o comércio ser invadido quatro vezes.

“Foi o segundo tombo que a gente tomou depois da pandemia. A pandemia pegou o mundo inteiro, mas a Cracolândia foi a pá de cal, foi realmente o que fez com que a gente parasse para tomar essa decisão”, conta Daniel.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *