junho 18, 2024
As gigantes do Varejo foto ilustrativa nd+

As gigantes do Varejo

Doze varejistas de Santa Catarina registraram faturamento acima de R$ 1 bilhão; Havan lidera
(Fonte – NDMais) Santa Catarina se destacou na nova edição do ranking das 300 maiores empresas do varejo brasileiro. O estudo, realizado todo ano pela SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo), foi divulgado nesta semana, e é a principal base de dados das maiores empresas do varejo brasileiro.
Os dados correspondem às vendas ao consumidor em 2022, sem contar operações como de atacado e franchising. Ao todo, 173 empresas registraram vendas acima de R$ 1 bilhão ano passado, 12 delas são de Santa Catarina. A catarinense melhor posicionada é a Havan, de Brusque, com faturamento de 14,4 bilhões no ano passado.
“Mais do que a principal base de dados referentes às maiores empresas do varejo brasileiro, este ranking é, anualmente, uma espécie de resumo do que aconteceu no passado recente, com indicações de como poderão ser os próximos capítulos”, disse o presidente da SBVC, Eduardo Terra, no editorial da publicação.
“Este estudo mostra uma cristalização do que vem a ser o varejo pós-pandemia, temperado por questões macroeconômicas tipicamente brasileiras. Num ano de instabilidades, o setor varejista se mostrou, mais uma vez, resiliente, inovador e capaz de encontrar novas rotas de crescimento”.
Juntas, as 12 companhias catarinenses faturaram mais de R$ 50 bilhões em vendas em 2022. A maioria dos representantes bilionários de Santa Catarina são redes supermercadistas, com sete companhias totalizando R$ 29,82 bilhões em vendas. Também estão na lista varejistas dos setores de saúde, calçados, revestimentos cerâmicos, construção civil e departamentos.
Na liderança do ranking nacional, o Carrefour, com faturamento de R$ 108 bilhões é a única marca que alcançou 12 dígitos em vendas. Aliás, as cinco líderes não mudaram de posição em relação ao ranking de 2021.
A lista tem outras sete empresas de Santa Catarina que, no entanto, não obtiveram R$ 1 bilhão em vendas. São elas: Koerich, Grupo AMC, Rede Top, Supermercados Archer, Berlanda, Atacado Joinville e Sperviza Supermercados.
O ranking é construído com dados repassados pelas próprias empresas, entidades representativas, balanços contábeis e dados publicados na imprensa. Por isso, companhias que preferem não divulgar seus números e têm alto faturamento podem não figurar no ranking.
Veja a posição das varejistas de Santa Catarina, considerando valor em vendas em 2022
• 12ª – Havan, R$ 14,4 bi
• 17ª – Grupo Pereira, que abrange Fort Atacadista e Comper, R$ 11,2 bi
• 33ª – Grupo Koch, R$ 6,4 bi
• 65ª – Giassi, R$ 3,4 bi
• 68ª – Angeloni, R$ 3,24 bi
• 74ª – Clamed, que abrange Drogaria Catarinense e Preço Popular, R$ 3 bi
• 81ª – Mundial Mix, que abrange Imperatriz e Brasil Atacadista, R$ 2,58
• 118ª – Bistek, R$ 1,67 bi
• 134ª – Portobello Shop, R$ 1,47 bi
• 142ª – Passarela Supermercados, R$ 1,33 bi
• 160ª – Cassol, R$ 1,11 bi
• 164ª Studio Z, R$ 1,06 bi
O top 5 nacional, considerando valor em vendas em 2022
• 1ª – Carrefour, R$ 108 bi
• 2ª – Assaí, R$ 59,7 bi
• 3ª – Magazine Luiza, R$ 44,7 bi
• 4ª – Via, R$ 39 bi
• 5ª – Americanas, R$ 34,4 bi

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *