junho 18, 2024
Aluno causa pânico após levar faca e ameaçar colega em escola de Jaraguá do sul foto eder luiz

Aluno causa pânico após levar faca e ameaçar colega em escola de Jaraguá do sul

Aluno causa pânico após levar faca e ameaçar colega em escola de Jaraguá do sul: ‘pedi misericórdia’ disse uma mae que presenciou o episódio, temendo que fosse mais um caso de violência escolar..

“Estava trabalhando e fui avisada que tinha um garoto com uma faca pra esfaquear minha filha. Na hora, só pedi a misericórdia de Deus”, conta uma mãe nas redes sociais

Um aluno causou pânico em uma escola de Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Cantarina, após ameaçar uma colega com uma faca. O caso foi registrado nesta terça-feira (15) no bairro Estrada Nova. “Estava trabalhando e fui avisada que tinha um garoto com uma faca pra esfaquear minha filha na escola. Na hora, só pedi a misericórdia de Deus”, conta a mãe da vítima nas redes sociais.

Segundo relatório da Polícia Militar, durante uma discussão dentro da escola, um dos alunos teria feito ameaças a uma colega, mencionando intenções de um confronto fora do ambiente escolar.

Mais tarde, colegas do aluno envolvido notaram que ele tinha retornado para escola carregando uma faca. Após uma conversa, conseguiram persuadi-lo a entregar a faca à testemunha presente, que acionou a Polícia Militar.

No local, os policiais separaram os alunos, de 12 e 13 anos, envolvidos na briga e registraram um boletim de ocorrência para documentar o incidente. Devido ao fato de que a ameaça não estava ocorrendo mais no momento da intervenção policial, todos foram liberados após receberem orientações adequadas. A testemunha também se comprometeu a informar a escola sobre o incidente, permitindo que as medidas internas necessárias fossem tomadas.

“Esse incidente destaca a importância de abordar prontamente possíveis ameaças em ambientes escolares e a colaboração entre estudantes e autoridades para manter a segurança e a tranquilidade dentro das escolas”, destaca a PM em boletim.

Pânico entre os pais e alunos da escola

A mãe da vítima fez um post nas redes sociais falando sobre o susto que levou ao ser notificada sobre o caso. Ela estava no trabalho quando foi avisada sobre o caso. Na hora, diz, rezou pela segurança da filha e saiu para socorrê-la.

“Sai o mais rápido possível para socorrer minha filha. Chegando na escola fui avisada que ela só não foi machucada por esse garoto porque outros alunos desarmaram ele”, relata.

“Tudo isso veio a acontecer porque os dois se desentenderam na hora da aula. Aí vem a pergunta, onde está a segurança que a escola tem que dar para nossos filhos? ”, questiona as mães nas redes sociais.

“O pior medo e susto que passei hoje quando minha irmã ligou desesperada ‘mana, corre na escola que tem um garoto querendo esfaquear’. Larguei tudo e sai voando para socorrer ela”, comentou a tia da vítima.

O caso repercutiu na internet. “Uma vez minha filha sofreu racismo na escola eu já fiquei louca já, imagina uma ameaça de morte não sei como eu iria reagir”, comentou uma outra mãe.

O que diz a Secretaria de Educação

Conforme a Secretaria de Educação de Jaraguá do Sul, os responsáveis pelos alunos envolvidos foram chamados na unidade escolar. Além disso, o adolescente que estava com a faca foi transferido de turno.

A secretaria também informou que, na próxima semana, um psicólogo fará uma visita no colégio para conversar com os alunos, falar sobre os atritos entre os adolescentes e trabalhar a conscientização. Para a pasta, ações de prevenção como esta têm tido resultado positivo.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *