maio 20, 2024
Cataratas, nove milhões De litros por segundo foto deiwid felicio

Cataratas, nove milhões De litros por segundo

Vazão das Cataratas do Iguaçu bateu seu record esta semana durante o fenômeno do ciclone. Atingiu 9 milhões de litros de água por segundo; fluxo normal é de 1,5 milhão.

Passeio no lado brasileiro não foi alterado. No lado argentino, passarela que dá acesso a Garganta do Diabo está fechada sem previsão para abertura.

A vazão das Cataratas do Iguaçu atingiu 9 milhões de litros de água por segundo às 11h desta quinta-feira (13), de acordo com monitoramento hidrológico feito pela Companhia Paranaense de Energia (Copel).

A vazão considerada normal é de 1,5 milhão de litros de água por segundo. O maior registro foi em 2014, quando as quedas registraram fluxo de 47 milhões de litros por segundo…

No lado brasileiro, localizado em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, os passeios estão mantidos, com horário de atendimento ampliado, das 8h às 16h, até o dia 23 de julho, devido às férias de julho.

Já no lado argentino das quedas, a passarela que dá acesso à Garganta do Diabo, em Puerto Iguazú, foi fechada devido a protocolo de segurança que estabelece que as grades das passarelas e do mirante sejam retiradas quando o Rio Iguaçu enche repentinamente.

Não há previsão para a reabertura. Os passeios “superior” e “inferior” estão mantidos.

O aumento do nível de água ocorre devido as chuvas ao longo do leito do rio Iguaçu que nasce na região de Curitiba. A última cheia nas quedas foi registrada em outubro de 2022 quando a vazão bateu 16 milhões de litros por segundo. Foi o segundo maior registro em 25 anos.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *