junho 18, 2024
Escolas terão controle De alimento processado foto deiwid felicio

Escolas terão controle De alimento processado

Um bom exemplo que vem do Rio de Janeiro.

Prefeitura do Rio sanciona lei que proíbe alimentos e bebidas ultra processados em escolas

Escolas têm até 180 dias para se adequarem às novas regras. Unidades particulares de ensino que descumprirem as medidas estarão sujeitas a multas diárias de R$ 1.500.

O Prefeito Eduardo Paes sancionou, nesta quarta-feira (12), a lei que proíbe a venda ou oferta de alimentos e bebidas ultra processados nas cantinas e nos refeitórios das escolas localizadas no município do Rio.

Os alimentos ultra processados são aqueles que recebem adição excessiva de sal, açúcar e gorduras, além de substâncias industriais. O objetivo é trazer mais saúde às crianças e evitar a obesidade infantil.

As escolas têm 180 dias para adequarem o cardápio as novas regras. Pela lei, não será mais possível disponibilizar para crianças e adolescentes nas escolas os seguintes alimentos:

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *