maio 29, 2024
O estado vacinou somente 41% contra a influenza Foto Ilustração

O estado vacinou somente 41% contra a influenza

Santa Catarina vacinou só 41% do público-alvo contra a gripe em mais de 40 dias de campanha de imunização da Influenza. Conforme o painel do Ministério da Saúde nesta terça-feira (23), foram aplicadas cerca de 1,1 milhão de doses desde 10 de abril, quando a movimentação nacional pela imunização começou. O Estado está em 12º lugar no ranking de cobertura vacinal no país.

Longe dos 90% da meta de cobertura, o Estado ainda não alcançou nem metade das pessoas que fazem parte dos grupos prioritários na campanha de imunização. Até o momento, os idosos são os que mais se imunizaram. Cerca de 51% do grupo tomou a vacina até esta terça (23).

Na sequência estão os trabalhadores da saúde, com 44% de cobertura vacinal, e as puérperas, com 38%. O grupo dos povos indígenas conta com 33% das pessoas vacinadas, sendo que 66% das que vivem em terras indígenas foram imunizadas e apenas 1% das que moram fora do território demarcado receberam a dose.

As crianças estão entre o grupo dos menos vacinados, com só 25% de cobertura vacinal entre mais de 530 mil catarinenses na faixa etária para vacinação. Já os professores registram um percentual ainda mais baixo, de 21%.

O cenário de imunização muito menor do que o ideal contribuiu para a publicação de uma nota de alerta da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) no dia 11 de maio, um mês depois do início da campanha contra a gripe. Santa Catarina havia registrado, até então, 245 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza, especialmente em crianças e pessoas com mais de 60 anos de idade. Neste ano, a gripe já causou 12 mortes.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *