abril 23, 2024
Defesa de Daniel Alves Acredita em liberá-lo

Defesa de Daniel Alves Acredita em liberá-lo

A defesa do jogador brasileiro Daniel Alves, na Espanha, acredita que poderá tirá lo da cadeia em até 30 dias.  O jogador está preso de forma preventiva há mais de uma semana em Barcelona, na Espanha, acusado de estuprar uma mulher no banheiro de uma boate. Ele foi detido enquanto prestava depoimento sobre o caso.

A juíza responsável pelo caso viu contradições em suas declarações e acatou um pedido do Ministério Público espanhol de prisão preventiva sem fiança para o jogador.

Fontes da defesa de Daniel Alves contaram ao jornal espanhol “El Mundo” que a expectativa é que a Justiça aceite o recurso que será apresentado nesta segunda-feira (30) em um prazo de aproximadamente um mês, um cálculo que levou em conta os prazos para a análise do pedido e trâmites legais.

Enquanto aguarda a resolução do caso – a Justiça espanhola ainda analisa se levará a acusação a julgamento -, Daniel Alves começou a jogar futebol com outros presos do presídio de Brians 3, para onde ele foi enviado.

Parentes de presos e funcionários do presídio relataram ao jornal catalão “La Vanguardia” que Alves jogou uma partida pela primeira vez desde que chegou ao local. De acordo com os relatos, até diretores do complexo penitenciário foram assistir ao jogo.

Ainda assim, ele foi enviado para um setor reservado do presídio, destinado a condenados por agressão sexual – crime que, na Espanha, inclui estupro. Ele divide cela com um brasileiro.

Fique por dentro das últimas notícias no grupo do WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *