abril 22, 2024
O Programa Tubarão + Educação está ofertando 30 cursos superiores (Divulgação PMT)

O Programa Tubarão + Educação está ofertando 30 cursos superiores

O município de Tubarão concretizou na tarde desta segunda-feira (31), uma iniciativa histórica que vai impactar diretamente na formação dos cidadãos tubaronenses. A prefeitura assinou com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – Senac e Sociedade de Educação Superior e Cultura Brasil S.A. Anima (Unisul), o termo de adesão ao Programa Tubarão + Educação.

O Programa Tubarão + Educação foi instituído pela Lei nº 5.551, de 28 de setembro de 2021 e tem caráter educacional, social e econômico, com o objetivo de conceder bolsas de estudo, integrais ou parciais, em cursos de graduação nas áreas da Saúde, Educação, Tecnologia, Gestão e Direito, identificadas pela comissão responsável como setores estratégicos para o atual contexto do mercado regional, nacional e internacional.

O Senac vai oferecer três vagas no curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e outras três vagas para o curso de Tecnologia em Processos Gerenciais, num investimento da prefeitura de R$ 4.356,00 mensais.

Já a Anima vai disponibilizar uma vaga para os cursos de Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Ciências da Computação, Ciências Contábeis, Design Gráfico, Direito, Educação Física, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Farmácia, Fisioterapia, Gestão de Recursos Humanos, História, Jornalismo, Letras – Português, Matemática, Medicina Veterinária, Nutrição e duas vagas para os cursos de Enfermagem, Letras – Inglês e Psicologia. Cerca de 35 mil serão investidos pela prefeitura para pagar a mensalidade das 24 vagas dos cursos da Anima.

Antes da assinatura do termo, o prefeito Joares Ponticelli ressaltou a importância desta iniciativa: “O Programa Tubarão + Educação vai possibilitar o acesso à educação superior de pessoas com escassos recursos financeiros, que certamente não teriam oportunidade de fazer um curso superior. Este programa é um marco, um projeto sólido e contínuo, que tem segurança jurídica e feito com base na transparência. Por isso, temos a certeza de que vai atender efetivamente quem mais precisa, oferecendo a oportunidade de uma carreira de sucesso e uma vida mais digna”, destacou.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Educação, Maurício da Silva demonstrou grande entusiamo com a parceria e ressaltou que “é sempre importante lembrar que a educação contribui, decisivamente, para romper o ciclo da pobreza, reduzir as desigualdades sociais e impulsionar o desenvolvimento.”

A diretora do Senac, Marisa Martini lembrou que os cursos foram definidos de acordo com as necessidades de mão de obra do mercado local. “As entidades listaram as áreas que mais demandam vagas e esses cursos vão qualificar o estudante para atender essas necessidades. São cursos vocacionados e por isso os estudantes terão grandes chances de conseguir uma vaga de emprego em nossa cidade”, afirmou.

Na Anima (Unisul), serão ofertadas 24 vagas e o reitor da instituição, Mauri Herdt acredita que o programa terá um grande impacto no que se refere à inclusão social. “É um bom exemplo da correta aplicação dos recursos públicos, que vai incentivar a permanência e viabilizar o retorno de jovens e adultos à graduação, promovendo a democratização do acesso à graduação, pois os estudantes que serão contemplados com as bolsas certamente não teriam condições de estudar sem um apoio desta natureza”, frisou.

Dentre outros critérios, para ser beneficiário do Programa Tubarão + Educação é necessário residir no município de Tubarão há, no mínimo, dois anos; pertencer à família com renda per capita de meio salário mínimo ou renda familiar total de até três salários mínimos; ter sido admitido em processo regular de ingresso ou por meio de transferência de outra Instituição de Ensino Superior; estar regularmente matriculado em curso de graduação autorizado pelo MEC, em Instituição de Ensino Superior privada que tenha aderido ao Programa Tubarão + Educação; não possuir diploma de graduação; não estar matriculado em outro curso de graduação, ainda que na modalidade à distância ou semipresencial. Todos os critérios estão dispostos na Lei nº 5.551.

As instituições de ensino superior se responsabilizarão por todo processo seletivo do candidato que será contemplado com a bolsa. Para tanto, em breve lançarão edital público com os requisitos do programa e os demais critérios para seleção. Os seis alunos selecionados pelo Senac e os 24 definidos pela Anima iniciarão as aulas no primeiro semestre de 2023.

(Fonte PMT)

Quer receber as notícias do L90 direto no seu celular? Entre em nosso grupo de notícias no Whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *