julho 19, 2024
Mais um caso de assédio a paciente hospitalizado Foto Divulgação

Mais um caso de assédio a paciente hospitalizado

São cada vez mais frequentes os casos de assédio sexual envolvendo profissionais de saúde como autores dos atentados.

O mais recente ocorreu esta semana no oeste do estado, onde um técnico de enfermagem foi demitido após suspeita de estupro de paciente de 13 anos. A adolescente estava internada na ala psiquiátrica.

Polícia Civil investiga caso, que ocorreu naquele local, cuja instituição não foi identificada. O que se sabe é que um técnico de enfermagem é investigado pela Polícia Civil suspeito de estuprar uma paciente de 13 anos da ala psiquiátrica de um hospital do Oeste catarinense. O homem foi “demitido preventivamente”, de acordo com a unidade de saúde.

De acordo com o delegado Fabiano Rizzatti, a suspeita é que o crime tenha ocorrido este mês. A polícia não divulgou o nome da unidade de saúde para não identificar a vítima. O superintendente do hospital afirmou que a menina contou para uma enfermeira que acordou enquanto o homem passou a mão nas partes íntimas da garota.

A partir disso, segundo o hospital, o técnico de enfermagem foi afastado. A unidade de saúde também ouviu profissionais que trabalham na ala psiquiátrica e chegou às imagens das câmeras de segurança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *