junho 18, 2024
Polícia fecha laboratório de drogas na Capital Foto: Divulgação

Polícia fecha laboratório de drogas na Capital

Um laboratório de drogas com 34 mil comprimidos de ecstasy foi fechado pela polícia na Grande Florianópolis. O laboratório era gerenciado por um homem de 27 anos sob o comando de outro indivíduo de 41 anos. Ambos foram presos por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas

A prisão em flagrante, ocorreu na última quinta-feira (13), durante uma operação da PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina), com apoio do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), contra o tráfico de drogas. Ele foi preso no bairro Potecas, em São José, na Grande Florianópolis, ao ser flagrado gerenciado um possível laboratório para fabricação de ecstasy.

No local, a polícia se deparou com um portão semiaberto e ao entrar encontraram o suspeito fabricando a droga. O acusado contou que recebia uma diária de R$3.000,00 do proprietário do local, um homem de 41 anos, com passagens por homicídio e posse de drogas. Os dois homens foram presos em flagrante pela polícia. No local, foram encontrados cerca de 34 mil comprimidos de ecstasy, R$ 37.000,00 em espécie, duas pistolas, um revólver, 240 quilos de MDMA, 45 quilos de MD e 276 potes de corantes com apetrechos para a fabricação das drogas

Quer receber as notícias do L90 direto no seu celular? Entre em nosso grupo de notícias no Whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *