abril 25, 2024
Foragido, homem mata ex-mulher Foto: Divulgação/PMSC

Foragido, homem mata ex-mulher

Uma mulher de 59 anos foi assassinada pelo ex-companheiro na entrada de um estacionamento em Gaspar, no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, nesta terça-feira (14). Segundo a Polícia Civil, o suspeito disparou contra a vítima ao ver uma viatura da Polícia Militar se aproximar. Após disparar contra a ex-mulher, conforme a investigação, o homem atirou contra si e também morreu no local. A polícia disse que o suspeito não aceitava o fim do relacionamento. Contra ele, havia mandado de prisão em aberto por violência doméstica.

Segundo o delegado Paulo Koerich, Marlene Aparecida Gomes de Oliveira de Jesus, como a vítima foi identificada, procurou a Polícia Civil na sexta-feira (10), depois que o ex dela, Reinaldo dos Santos Meireles, 50 anos, foi até a casa dela e efetuou um disparo. Não havia ninguém no imóvel na ocasião.
Na segunda-feira (13), um dia antes do feminicídio, a Justiça havia autorizado a prisão do suspeito. No entanto, como ninguém sabia do paradeiro exato após a separação, houve dificuldade em localizá-lo, informou a Polícia Civil.

Eles estavam separados há pouco tempo. A data do término, no entanto, não foi divulgada. A vítima tinha medida protetiva, segundo o Tribunal de Justiça. O crime aconteceu na entrada do estacionamento de uma loja da Central Elétrica de Santa Catarina (Celesc) localizada na rua Itajaí, para onde a vítima havia se deslocado para resolver uma pendência. Lá encontrou o ex-companheiro e uma discussão começou.
A Celesc divulgou que suspendeu os atendimentos até segunda-feira (20) para prestar assistência psicológica aos colaboradores que presenciaram o feminicídio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *